Enquete

Gostou do nosso novo site?

Sim - 68.6%
Não - 31.4%

Total de votos: 773
A votação para esta enqueta já encerrou em: 02 Fev 2015 - 00:00

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.

Contador de visitas

0206500

Seu IP: 54.161.3.96
Server Time: 2017-11-25 11:25:51

Aluna do Tamandaré se destaca na redação do ENEM/2014

Trinta livros por ano. Essa é a média de leitura, não de um adulto, mas de uma adolescente de apenas 16 anos que quase atingiu os mil pontos na Redação do último Enem. Trata-se da aluna do Colégio-Curso Tamandaré de Nova Iguaçu, Ully Cabral Bernardo, de 16 anos, que fez o exame apenas por treino já que está cursando, agora, o 3º ano do Ensino Médio.

Ela conta que teve facilidade em escrever sobre o tema “Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil”, cobrado pela banca, apesar de não assistir a TV ou ler jornais, atualizando-se via internet apenas. No exame deste ano ela pretende estar mais atenta àleitura de jornais e revistas - afinal tem uma meta, que é fazer Arquitetura na UFRJ ou na PUC, universidades e curso muito concorridos.

Disse que, para fazer a redação, baseou-se no principio da Física de ação e reação, ou seja, beber e dirigir. O gosto pela leitura, segundo Ully ,ajudou muito para conquistar os 960 pontos na prova de Redação. Um hábito cultivado desde a infância.

Meu avô escrevia poesia. Desde muito pequena ele lia para mim e eu ficava encantada. Vivia comprando livros, daqueles de pano feito para crianças. Minha mãe também. Ela sempre falou que, se há uma coisa que jamais economizaria, é com a compra de livros.

Ully disse que fez rápido a redação, mas que não faz nada sem organização. Ela explica que planeja as diferentes etapas da dissertação (introdução, desenvolvimento e conclusão), sempre muito atenta ao tema pedido, sem esquecer de apresentar uma proposta de intervenção, conforme é exigido em um dos critérios de correção da redação do Enem.

Aluna do Tamandaré desde o 6º ano do Ensino Fundamental, Ully conta que foi o professor Marco Aurélio que a incentivou a escrever e que está sempre atenta aos conselhos dos professores de Português Rafael Dias e Linda Parente, para quem sabe, conquistar os mil pontos na redação, como o primeiro colocado de 2013 em Medicina na maior federal do país, Álvaro Bergamaschi Novaes.

A base de tudo é o gosto pela leitura afirmam em coro os dois professores. Rafael informou que no Tamandaré, para alunos do 6º ano ao 2º ano do ensino Médio, são indicados três livros por ano, partindo de uma leitura de fruição (por prazer) até os clássicos. Segundo ele, a tarefa de fazer o aluno escrever e organizar seus pensamentos é um trabalho para a vida toda.

A escola comum só dá conhecimento, contudo a boa escola é a que faz o aluno refletir sobre esses conhecimentos. O professor é como um guia que vai direcionar o aluno a seguir com os próprios pés. Trabalhamos intensamente para que ele seja original em seus textos e no Enem isso conta muitos pontos.

Quanto aos alunos do Pré-vestibular, a estratégia é diferente, informa a Profª Linda Parente. Afinal nem sempre recebe de outras escolas alunos leitores. Como tem apenas um ano para prepará-los, no primeiro semestre escolhe um tema, propõe que pesquisem e façam em casa. Já no segundo semestre eles passam a fazer em sala de aula.

Eu indico a leitura de editoriais de jornais por serem textos dissertativo-argumentativos, que estão mais próximos do estilo de redação cobrado pela banca do Enem e por sempre abordarem temas atuais. Proponho também que procurem escrever corretamente no facebook como forma de treino de ortografia. Mas é claro que, havendo tempo, a leitura de livros deve ser praticada.






www.cursotamandare.com.br
Endereço: Rua Mirin, 35 - Centro - Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil
Tel: (21) 2667-2777
byBusiness